terça-feira, 7 de outubro de 2008

Enquanto continuo sem tempo...

Só tenho uma pergunta pra resumir minhas impressões diante de tudo que está acontecendo no mundo. Quem foi mesmo o idiota que disse que a História acabou?

20 comentários:

Rafael disse...

fukuyama.
o japonês.

abs

Aquarius disse...

A História nunca acabará!

Laura Severo disse...

quem foi?

mudei o nome da minha pág...vê lá.

Gabriel Cavalcanti da Fonseca disse...

Rendeu bem pra ele a teoria. Queria ver o japa(na verdade americano) se explicando agora. rs. Abs

É Léo, só não concordo inteiramente com vc pq qualquer dia o ser humano pode ser extinto..


Oi Laura, vou lá ver agora. E Respondendo a pergunta foi o Fukuyama, como disse o Rafael. Um cientista político que tem a tese que a História acabou. O nome todo é Francis Fukuyama. E aposto que ele ainda sustenta essa tese dele...

Beijo

Laura Severo disse...

temos poema novo...e velho. Foi escrito há um tempo.

Gabriel Cavalcanti da Fonseca disse...

:)
Vou ler agora. Comento lá.
Bjs

Laura Severo disse...

rs, adorei o comentário.

Hugo Vellozo disse...

Mas por mais que o ser humano um dia se vá, ainda sim, a história continuará seguindo seu rumo... e nós, os dinossáuros de amanhã não estaremos aqui para contá-la...
Mas vamos tocando a vida... rs...

Abraços...

Gabriel Cavalcanti da Fonseca disse...

É... vai ser a pós-história. rs

E como andam as coisas em BH?

Quintão ou Lacerda?

Abração!

isabella saes disse...

Vem cá, todo dia eu venho aqui ver se tem post novo e nada... Isso é alguma espécie de brincadeira?! Bote esses dedinhos preguiçosos para teclar!!!! E a limonada, já tomou?

Hugo Vellozo disse...

Na verdae, nem um e nem o outro! rs... os dois são farinha do mesmo saco. Eu voto no Justi, o Justifico, há tempos que já perdi minha paciência com isso. E não quero dizer que sou alienado, pois tento acompanhar tudo o que acontece e por isso mesmo é que sei que vai dar no mesmo.

E aí, Gabeira na cabeça? Sem duplo sentido... rs...
Inté

Gabriel Cavalcanti da Fonseca disse...

É Hugo, Gabeira, Lógico! :)

Esporro merecido, Bella.. Mas a fase pior está quase terminando. Prometo postar logo, logo..

Beijos

P.S. - Adorei o esporro :)

Carlos Henrique - Petrópolis disse...

Para alguns, o tempo não existe é apenas uma constante criada pelos físicos, para determinar a resultante do movimento de todas as coisas no universo. Nesse caso, a sua vida está bem movimentada.
Se existe ou não, ainda acho que o tempo é o melhor remédio para determinadas situações. Boa sorte!
Um Abraço a Todos!

Maria disse...

Oi de novo primo.
fiz outro blog =)

esperando pelos seus textos

Gabriel Cavalcanti da Fonseca disse...

Oi Carlos,

No momento tô chegando à conclusão que o tempo não existe pra mim. rs
Mas daqui a pouco isso tá resolvido. Obrigado pelos votos de boa sorte. Abraço.

Maricota, que bom que você está de volta. Acho que um novo texto meu pode demorar mais um pouquinho. Mas é muito bom poder voltar a ler os seus. Beijo

Pascarella disse...

Desde o início da crise já foram decretados o fim do neoliberalismo, do capitalismo, da história e do capital especulativo.
O fim do Calypso, que é bom, nada.

isabella saes disse...

Vc quer que eu desista? Tá ocupado demais fazendo compras, só pode ser...

Violeta disse...

Agora você tem tempo pra escrever que eu sei...

isabella saes disse...

Olha o título do seu post anterior. Faço minhas as suas palavras. Não tô gostando nada nada de passar aqui e morrer na praia...

Gabriel Cavalcanti da Fonseca disse...

Agora eu tenho tempo. :)
Adorei cada bronca.

Beijos